E-commerce em tempos de Coronavírus: como comprar suprimentos MRO?

e-commerce em tempos de coronavírus

E-commerce em tempos de Coronavírus: como comprar suprimentos MRO?

A pandemia da COVID-19 vem causando grandes impactos em todo o mundo. A necessidade de adaptar a rotina da operação fez com que diversos processos fossem repensados, sobretudo quando envolvem o setor de logística. Por isso, muitas empresas passaram a recorrer ainda mais ao e-commerce em tempos de coronavírus.

Criamos este conteúdo especial a fim de mostrar que existem estratégias para driblar os obstáculos e manter suas compras de materiais para Manutenção, Reparo e Operação (MRO) em pleno funcionamento.

A seguir, falaremos sobre o potencial do e-commerce, os materiais que você pode comprar por meio dele e como funciona o processo de compra e entrega no momento de crise. Confira!

Como a compra remota pode ser um benefício na crise do coronavírus?

Além dos problemas de saúde, a crise da COVID-19 trouxe uma série de complicações para as atividades do nosso dia a dia. É preciso adequar alguns dos nossos processos operacionais, já que o coronavírus afeta o comportamento de compra de pessoas e organizações. Então, será que a situação vai comprometer sua reposição de suprimentos MRO?

A resposta é não. Os avanços tecnológicos dos últimos anos nos trouxeram à transformação digital, uma era de atividades comerciais eletrônicas, rápidas e fáceis. Por meio da tecnologia, é possível estruturar uma lógica de reposição dos seus suprimentos que seja mais eficiente — e até mesmo promover alguns benefícios com isso.

Mais agilidade

Comprar pelo e-commerce torna o processo mais ágil, já que boa parte dos fornecedores adota uma estratégia de logística inteligente. Isso significa que a entrega é feita a partir de estoques distribuídos por regiões estratégicas, com uma rotina de fretes diversificada.

Além disso, a própria escolha dos itens pode ser mais rápida, já que o comprador faz tudo do próprio computador, cotando preços e checando quantidades e prazos. Não é à toa que cada vez mais empreendimentos transferem permanentemente seus pedidos para o ambiente virtual.

Facilidade na escolha, segurança e centralização dos pedidos

A venda on-line permite que os fornecedores se organizem para atender a uma demanda muito mais ampla. Nesse sentido, você pode centralizar todos os seus pedidos em um único e-commerce, facilitando o processo de escolha e agilizando a entrega. Quer comprar ferramentas de manutenção, mas também alguns óculos de proteção e outros EPIs? O mesmo fornecedor pode cuidar disso!

Outra vantagem é que isso aumenta a segurança na compra dos suprimentos, já que você centraliza seus pedidos e deixa de lado a necessidade de comprar de empresas que não conhece. Mas, afinal, será que o e-commerce atende às minhas demandas como um todo?

Quais materiais podem ser comprados?

A variedade de produtos que você pode adquirir depende diretamente da capacidade de cada fornecedor. Nesse sentido, é natural se perguntar se eles tiveram algum impacto devido à crise atual. Ainda que alguns vendedores tenham problemas, considere que bons fornecedores tendem a operar com bastante normalidade.

O ponto é que essas empresas atuam com um certo nível de automatização na cadeia de suprimentos — ou seja, o fabricante dos materiais também distribui conforme a demanda, respondendo a pedidos digitalizados. Nesse contexto, suas compras passam a depender da sua necessidade. No que diz respeito aos suprimentos MRO, é possível comprar normalmente itens como:

A situação pode ser um tanto diferente em relação a produtos perecíveis, por exemplo, já que o processo de produção e abastecimento é outro. No entanto, quando se trata de suprimentos MRO, contar com o e-commerce em tempos de coronavírus é definitivamente a melhor opção para quem quer manter a agilidade da reposição de estoque.

Como funciona o processo de escolha e entrega?

Um ponto importante nesse momento é contar com um fornecedor de boa reputação no mercado, que tenha capacidade de atender com eficiência a sua região e que ofereça um bom mix de produtos. Quanto mais você puder centralizar os pedidos, melhor — e isso pode ser notado na própria etapa de escolha dos materiais.

No e-commerce, você tem a possibilidade de pesquisar os produtos, comparar preços, verificar prazos de entrega e escolher entre as diferentes marcas. Vale a pena atentar-se, por exemplo, à variedade de marcas disponível na loja virtual. Um bom fornecedor não é aquele que atua basicamente com produtos variados, mas o que trabalha também com marcas de referência em cada segmento.

Na escolha de EPIs, por exemplo, a gama de opções é muito importante. São diferentes tipos de protetor auricular, assim como sapatos de segurança, óculos de proteção, capacetes e uma infinidade de outros itens. Contudo, o diferencial de um bom e-commerce é mostrar as informações detalhadas de cada item.

As informações técnicas

O protetor auditivo é de espuma ou de plástico? Qual é o fabricante? Se a venda é por caixa, qual é a quantidade de cada uma? E os sapatos de segurança? Está especificado qual é o material do bico de proteção? O fornecedor incluiu os códigos detalhados do item? O produto atende às normas de segurança?

São informações que você pode checar de maneira detalhada em um bom e-commerce. Na prática, isso torna o processo ainda mais rápido do que em compras feitas pessoalmente, já que há a possibilidade de analisar tudo o que precisar pela tela do seu próprio computador ou smartphone.

Nesse sentido, basta adicionar os itens no carrinho virtual e finalizar o pedido: você pode conferir as informações técnicas na tela de busca ou mesmo posteriormente, adicionando e removendo itens do carrinho. Por fim, serão mostradas as condições de entrega e pagamento para que você planeje o recebimento.

Em poucos passos, você fecha o pedido. Vale destacar que algumas distribuidoras oferecem ainda um código de rastreio para que você monitore em que etapa do processo está seu pedido.

Como você pôde ver, recorrer ao e-commerce em tempos de coronavírus não significa que sua operação será comprometida — muito pelo contrário. Esse pode ser um momento interessante para avaliar as vantagens desse modelo e adotá-lo como estratégia permanente. Então, procure por um fornecedor de confiança e otimize a reposição de materiais MRO da sua empresa!

Se gostou do post, aproveite para compartilhá-lo nas redes sociais e leve esse conhecimento aos seus colegas!

Gostou? Compartilhe nas redes sociais!