Óculos de proteção: entenda as diferenças entre eles

oculos de proteção

Óculos de proteção: entenda as diferenças entre eles

Os equipamentos de proteção individual (EPIs) são necessários em algumas atividades profissionais, porque proporcionam ao trabalhador um maior nível de segurança. Os óculos de proteção, por exemplo, fazem parte dos itens obrigatórios para garantir a saúde de um colaborador.

Apesar disso, há resistências de alguns profissionais em utilizá-los de maneira frequente, em virtude da falta de hábito e de compreensão sobre os benefícios oferecidos por esse recurso. É importante destacar que o equipamento é responsável por evitar acidentes que podem prejudicar a visão.

Neste artigo, vamos destacar vários fatores relacionados ao uso dos óculos de proteção, para que ele seja utilizado e adquirido de maneira adequada. Confira!

Por que o uso de óculos de proteção é tão importante?

Dependendo da modalidade de trabalho, um colaborador fica sujeito a alguns riscos ou situações que podem afetar os olhos. Para minimizar a possibilidade de eventuais problemas, é indispensável o uso de óculos de proteção durante a jornada.

Dessa maneira, o trabalhador terá as condições ideais para prevenir acidentes e não sofrer nenhum tipo de doença ocupacional. É relevante mencionar que algumas lesões ocorrem em longo prazo. Por esse motivo, é recomendada a utilização de EPI de maneira constante, quando houver necessidade.

Há diversas atividades profissionais nas quais os trabalhadores convivem com condições que oferecem riscos à visão. Para não haver nenhum prejuízo, os óculos de proteção devem ser adotados a fim de os olhos não serem afetados por elementos externos, como radiação, temperaturas elevadas, poeira, estilhaços, entre outros.

Os colaboradores da construção civil, do setor industrial e do segmento de marcenaria fazem parte da lista dos que precisam utilizar esse EPI. O mesmo procedimento deve ser adotado por quem atua com materiais orgânicos, pelo risco de contaminação por agentes patológicos.

Quais são os principais tipos de óculos de proteção?

Com a intenção de ajudar você a conhecer o funcionamento desse equipamento, vamos apontar as modalidades de óculos ideais para oferecer melhores condições de trabalho. Acompanhe!

Óculos de proteção para radiação infravermelha e ultravioleta

Apresentam lentes que protegem os olhos em situações de luz excessiva. Esse recurso tem como objetivo evitar que o profissional tenha problemas provocados pelo contato com a radiação infravermelha e ultravioleta, relacionadas a diversas atividades, como no funcionamento de máquinas de maçaricos, solda e metal fundido, ou até mesmo em atividades expostas sob a luz solar.

Esses óculos são vitais em áreas com elevado nível de luminosidade, que pode prejudicar os serviços dos colaboradores. O excesso de radiação causa irritação nos olhos, perda progressiva da visão e, em casos mais graves, a cegueira.

A metalurgia, a indústria automobilística e a siderurgia são exemplos de áreas em que os profissionais devem usar essa modalidade de EPI.

Óculos de proteção para risco biológico

Têm como característica uma melhor vedação, que contribui para os profissionais de saúde não terem contato direto com os resíduos dos pacientes. Esses óculos de proteção devem ser utilizados por dentistas, enfermeiros e médicos.

Além disso, protegem a visão durante procedimentos medicinais, nos quais há possibilidade de respingos de sangue e de evacuação de fluidos corporais. Esse aspecto mostra como esse EPI é necessário para dar mais segurança aos que atuam na área médica.

Além dos hospitais e dos consultórios odontológicos, esse modelo de óculos é usado pela indústria farmacêutica com frequência.

Óculos de proteção para risco químico

São usados pelos que trabalham com materiais químicos no geral e com alto nível de periculosidade. Apresentam lentes antiembaçantes que vedam a região dos olhos, permitindo a ventilação direta ou indireta.

É preciso ter cuidado com produtos químicos (ácido bórico, cromo etc.) que provocam irritação e ressecamento no globo ocular. Por isso, é indispensável usar óculos de proteção para evitar problemas no futuro.

Essa tipo de EPI deve ser feito com material bastante resistente e que cubra totalmente a região facial. Afinal, o contato com produtos químicos deve ser evitado ao máximo, porque pode prejudicar a saúde do profissional.

A indústria química, o setor de cromagem, os laboratórios de pesquisa e a indústria farmacêutica fazem parte das áreas em que é essencial utilizar esse EPI.

Óculos de proteção contra impactos

Esses modelos têm lentes resistentes que suportam impactos. Eles podem ser transparentes (áreas cobertas), escuras (locais abertos e com luz solar) ou com proteção lateral para evitar o contato com partículas vindas de várias direções.

São óculos de proteção utilizados em diversas atividades em que há risco de partículas voltantes. Além disso, evitam o contato direto com resíduos metálicos, cimento e poeira. Esse tipo de EPI é muito usado na construção civil, nas indústrias automobilísticas e alimentícia e na marcenaria.

Quais são os significados das cores?

Os óculos de proteção têm lentes de várias cores. As amarelas se destacam por garantir a qualidade da visão em locais com pouca luminosidade e protegem os olhos contra impactos das partículas volantes. Há também as lentes incolores, que são usadas em áreas mais claras, onde não há uma luminosidade intensa.

Outra cor usada nas lentes é a cinza, indicada para locais muito iluminados ou trabalhos ao ar livre. Já as lentes verdes são bastante usadas pelos soldadores e ajudam a proteger os olhos em atividades nas quais os trabalhos são submetidos à luz infravermelha.

Existe ainda a modalidade de lente IN-OUT (incolor e com acabamento espelhado). Ela é muito adotada em trabalhos em ambiente interno, porém, de maneira intermitente. Caso for necessário se dirigir para outros locais mais iluminados, evita o desconforto e contribui para o trabalhador se manter produtivo.

Quais são os cuidados essenciais com óculos de proteção?

A conservação do produto é muito importante para um profissional ter segurança no ambiente de trabalho. Em virtude do Coronavírus, é necessário ter ainda mais foco na limpeza correta e diária por meio do sabão neutro e água fria, pois equipamentos com lentes antirreflexo ou antiembaçante podem perder essa característica com o tempo.

Após terminar a limpeza, devem ser usadas toalhas de algodão ou papel macio para secar bem o EPI, a fim de evitar a proliferação de fungos e bactérias. Também é relevante guardar os óculos em um local seguro e distante de outros elementos de risco à saúde, de preferência, dentro do estojo ou de um saquinho plástico.

Como garantir uma compra segura de EPIs, como os óculos de proteção?

É recomendado escolher um fornecedor de confiança para fazer compras online desse produto. Afinal, investir em materiais corretos é crucial para o trabalhador ter mais segurança no ambiente de trabalho.

A loja virtual Nortel se destaca por oferecer óculos de proteção de vários tipos com alto padrão de qualidade, além de outros itens de EPI. Esse aspecto tem contribuído para a empresa ser reconhecida como uma das maiores distribuidoras desses equipamentos no mercado nacional.

Se você deseja tirar dúvidas sobre o uso dos óculos de proteção, entre em contato agora mesmo. Contamos com uma equipe especializada em proteção dos olhos e estamos à disposição para ajudar nas melhores escolhas em EPIs!

Gostou? Compartilhe nas redes sociais!