Quais são as ferramentas essenciais para um eletricista?

ferramentas para eletricista

Quais são as ferramentas essenciais para um eletricista?

Em atividades que lidam com energia elétrica é preciso muito cuidado e atenção, pois qualquer descuido ou a utilização de produtos com qualidade duvidosa podem causar acidentes com graves consequências à saúde do profissional. Essa é uma das razões pelas quais as ferramentas para eletricista precisam ser de boa qualidade.

Nem todos os profissionais, entretanto, têm todos os recursos necessários para executar o seu trabalho com segurança, ou sabem o que é preciso avaliar ao montar uma caixa de ferramentas com produtos que atendam às diferentes necessidades de utilização.

A seguir, mostramos a importância desse procedimento e quais as principais ferramentas que não podem faltar a um eletricista. Vamos lá? Boa leitura!

Por que todos os eletricistas devem ter ferramentas de trabalho?

O trabalho realizado pelo eletricista oferece um grande risco de acidentes em função do contato com a eletricidade. A utilização de ferramentas adequadas é essencial para reduzir esse perigo e oferecer mais segurança ao profissional. Por isso, elas devem seguir todos os padrões de qualidade e atender às normas específicas para a execução da atividade desenvolvida.

Isso significa que ao executar uma atividade, o profissional deve identificar o tipo de ferramenta necessária para realizar o serviço e escolher a que atenda à especificação relacionada àquela tarefa. Portanto, a ferramenta deve ser utilizada de acordo com a capacidade de energia suportada por ela.

Vale ressaltar que existem normas regulamentadoras para cada tipo de tensão elétrica — baixa, média e alta — que especificam as características das ferramentas que devem ser utilizadas para que o profissional realize o serviço com segurança.

Quais são as ferramentas essenciais para eletricista

Como mencionamos, a escolha das ferramentas deve sempre estar de acordo com o serviço a ser executado. Entretanto, existem algumas que são essenciais e podem ser encontradas facilmente no mercado, inclusive em sites de e-commerce. Confira, a seguir, quais são os principais itens.

Alicate universal

O alicate universal é uma das ferramentas mais comuns, não é à-toa que ele é chamado assim. Ele é utilizado em diversos tipos de tarefas, pois conta com algumas características que permitem a variação de atividades. Isso é possível porque ele tem a ponta e o vão dentados, que permitem segurar superfícies de diferentes formas, como chata, sextavada, oval, quadrada etc.

Ele também tem uma lâmina central e uma abertura lateral que facilitam o corte de arames. Além disso, com as partes internas do alicate, próximas ao cabo, é possível prensar terminais.

Ao utilizar o alicate universal em atividades elétricas é preciso observar se ele atende às especificações da norma regulamentadora NR10 e da 9699, que determinam que o produto foi produzido de acordo com as exigências de segurança. Entre as especificações está a de que o cabo deve ter o isolamento adequado e fabricado em aço.

Alicate de ponta finas ou meia-cana

O alicate meia-cana tem algumas funcionalidades semelhantes às do universal, entretanto, esse modelo tem o bico mais comprido e fino. Essa característica permite utilizar a ferramenta em locais de difícil acesso, como para pinçar a fiação em um conduíte.

Além disso, sua ponta alongada ajuda a modelar os fios e arames, o que é essencial para acomodar os mais duros em parafusos, por exemplo. Assim como o modelo anterior, para desenvolver atividades com eletricidade é preciso ter atenção quanto à qualidade do produto, especialmente quanto ao isolamento do cabo e ao material utilizado para a fabricação.

Alicate decapador de fios

Basicamente, o alicate decapador de fios, como o próprio sugere, serve para desencapar fios para facilitar sua utilização em diversas situações. Entretanto, essa não é a única função, pois a ferramenta também pode ser utilizada para crimpar terminais e cortar fios.

Vale ressaltar que existem diferentes modelos do alicate decapador. Portanto, é preciso verificar as informações do fabricante para identificar quais tipos de terminais podem ser crimpados e o tamanho da fiação suportada pela ferramenta.

É importante dizer que existem muitos modelos no mercado que não têm o cabo isolado, por isso, é fundamental verificar essa característica antes de utilizar essa ferramenta em locais energizados. Além disso, o modelo isolado não tem a função de crimpar terminais.

Chave-inglesa

A chave-inglesa é uma ferramenta utilizada, basicamente, para aplicar torque em parafusos. Esse modelo é regulável, o que permite a utilização em diferentes tamanhos de parafusos. Existem alternativas no mercado que não contam com o cabo isolado. Portanto, é necessário verificar se o modelo atende às normas de segurança.

Chave de fenda

Outro item indispensável é a chave de fenda, que é necessária para apertar ou afrouxar parafusos dos mais variados tamanhos. Existem chaves de fendas com ou sem isolamento no mercado. Por isso, é preciso atenção no momento da escolha para adquirir o modelo mais apropriado.

Chave Phillips

A chave Phillips é uma variação da chave de fenda, que contém a ponta em um formato que lembra a cruz grega. Ela é utilizada, por exemplo, para apertar ou afrouxar parafusos em disjuntores, ou outros equipamentos elétricos que utilizam esse formato.

Como escolher as ferramentas ideais para eletricistas

Ao fazer a escolha das ferramentas para trabalhar com eletricidade, é preciso muita atenção com relação à qualidade para que elas tenham mais durabilidade e ofereçam a segurança apropriada ao profissional. Por isso, é preciso verificar quem é o fabricante e se ele produz de acordo com as normas regulamentadoras indicadas pelos órgãos competentes.

Todas essas ferramentas também podem ser adquiridas por meio de compras online. Nesse momento, é importante verificar as especificações técnicas de cada produto e consultar o catálogo apresentado pelo fabricante. Dessa forma, é possível assegurar que elas têm as características e a qualidade desejada, o que é essencial para evitar acidentes de trabalho.

Como você pôde perceber, a escolha das ferramentas para eletricista deve prezar pela qualidade e durabilidade do produto. Existem diferentes tipos disponíveis no mercado, por isso, é fundamental escolher modelos em que os fabricantes se preocupam em seguir as normas regulamentadoras para garantir a segurança adequada aos profissionais.

Gostou do nosso conteúdo sobre como escolher ferramentas manuais? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro das nossas novidades!

Gostou? Compartilhe nas redes sociais!